Communication’s Docs PT | Segundo Boletim – Janeiro de 2015

Olá e bem-vindo/a à segunda edição do Boletim FairCoop! Como podes ver, temo-nos mantido fiéis à promessa de não abusar no número de mensagens enviadas. Mas agora chegou o momento ideal para mais uma ronda de belas notícias vindas do universo FairCoop.

0. Bem-vindo, Welcome, Bienvenido, Bienvenue, Willkommen, Benvenuto

Criámos páginas de boas vindas em várias línguas para facilitar a integração na Faircoop e para que te sintas em casa.

* Podes informar-te em português a partir deste link: /groups/faircoop-community/welcome/forum/topic/bem-vindo-em-portugues/

* Este es el enlace para informarse en castellano -> /groups/faircoop-community/welcome/forum/topic/bienvenida-en-castellano/

*Ce est le lien pour apprendre sur FairCoop in Francais -> /groups/faircoop-community/welcome/forum/topic/bienvenue-dans-francais/

* Hier ist der Link um sich auf deutsch zu informieren -> /groups/faircoop-community/welcome/forum/topic/willkommen-auf-deutsch/

 

1. Cimeira do Solstício de Inverno

Para começar, trazemos boas novas da Cimeira do Solstício de Inverno, na qual participaram várias pessoas do “gang” FairCoop. Estivemos a falar acerca do estado actual do projecto bem como sobre o que temos estado a preparar para o ano que agora começa.

O encontro foi muito frutífero. Primeiro falamos daquilo que já conseguimos alcançar e depois reflectimos sobre as nossas actuais forças e fraquezas. Isto levou a uma série de discussões sobre Comunicação, FairCoin, FairMarket. Reputação & Confiança, entre outras coisas. Através do seguinte link podes ler um apanhado geral do que foi tratado na Cimeira: /groups/faircoop-community/forum/topic/winter-summit-overview/

2. GetFaircoin.net

O dia 13 de Janeiro marca o lançamento de GetFaircoin.net

Este novo website disponibiliza uma forma fácil de comprar Faircoins usando moedas de diferentes países – EUR / USD / CNY / RUB / GBP / INR / NGN / BRL / MXN – para além de aceitar outros métodos de pagamento comuns, como transferência bancária, cartão de crédito e Paypal. Eventualmente também será possível comprar e trocar Faircoins em espaços físicos que irão ser estabelecidos pela rede de nós locais da FairCoop.

O website GetFaircoin é gerido e mantido pela FairCoop e cobra 1% por cada transacção. Essa quantia – em Faircoins – vai directamente para o fundo comum do ecossistema FairCoop para cobrir despesas de funcionamento. No caso de câmbios físicos efectuados nos nós locais, a quantia vai directamente para os próprios nós.

Participa e não te esqueças de arranjar as tuas primeiras Faircoins! Vão te dar jeito quando lançarmos o Fairmarket!!

3. Fairmarket

O Fairmarket está actualmente em desenvolvimento e estamos a discutir ideias sobre a melhor forma de gestão deste recurso importante para o ecossistema FairCoop. Vê este resumo -> /groups/fairmarket/forum/topic/fairmarket-meeting-summary/

O Fairmarket vai usar a ferramenta #exchange do Wezer – uma distribuição específica do Odoo para cooperativas e comunidades colaborativas criadas pelo colectivo Valeureux. Este é o primeiro passo dado desde que a FairCoop e o Wezer estabeleceram uma parceria que esperamos que vá tornar possíveis mais colaborações num futuro próximo.

De forma a avançar com o processo de implantação do Fairmarket, lançamos uma convocatória a quem queira estar envolvido/a em algumas tarefas necessárias, tais como: desenvolvimento Python, gestão administrativa, testes beta, design gráfico e outras. Se quiseres participar, por favor escreve para coop at 2017.fair.coop.

4. FAQ

A FairCoop é, por natureza, um projecto complexo. É ambiciosa e pretende ir longe, mas, olha lá, quando se quer mesmo mudar o mundo, não há que ficar acanhado/a!

No entanto, queremos ser capazes de comunicar o projecto da forma mais clara possível. Com isso em mente, compilamos uma série de perguntas frequentes com as quais nos vamos cruzando, juntamente com respostas pertinentes. Queremos que as FAQs sejam um projecto em andamento, por isso se quiseres juntar mais alguma questão ou expandir as respostas que já lá estão, fica à vontade para contribuir neste fio da FairNetwork.

Eis a primeira versão das FAQs publicada → /questions-and-answers-a-faircoop-faq/

5. Roar Magazine e Commons Transition

A Reflections On A Revolution (ROAR) destaca-se como uma das melhores plataformas de jornalismo independente do nosso tempo. Dando foco ao desenvolvimento e crescimento de movimentos de democracia radical que surgiram desde os protestos de 2011, a ROAR publica conteúdos aprofundados e de qualidade que frequentemente ultrapassam grande parte da cobertura contemporânea destes assuntos.

Sentimo-nos honrados por nos terem convidado a escrever um artigo sobre a FairCoop para a ROAR. Podes ver o resultado aqui: https://roarmag.org/2015/01/faircoop-cooperation-new-economy/ 

A Commons Transition é uma base de dados de experiências práticas e propostas de políticas direcionadas para a concretização de um modo de organização da sociedade mais humano e ambientalmente justo. Criado pelos nossos parceiros da Fundação P2P, o website dá destaque à FairCoop e à Cooperativa Integral Catalã como projectos parceiros. 

Para além disso, também acabam de publicar uma nova entrevista com o Enric Duran, que fala sobre a FairCoop, incursões P2P e o “bem-comum”. Podes ler a entrevista completa em: https://commonstransition.org/fairness-and-the-commons-an-interview-with-enric-duran/

6. Conselho Ecossistémico

Dada a falta de participação na discussão do documento intitulado “Ecosystemic discussion process” (Processo de discussão do ecossistema), o Conselho Ecossistémico decidiu testá-lo como documento útil e provisório, mesmo antes de reunir atenção suficiente para que o voto sobre ele seja democraticamente viável.

De qualquer forma, o documento continua aberto à discussão por qualquer pessoa que esteja interessada em contribuir para este debate:

/groups/faircoop-community/forum/topic/methodological-document-from-the-ecosystemic-council/

Bram Crevits juntou-se recentemente ao Conselho Ecossistémico. A sua bio está disponível aqui no site do Conselho Ecossistémico.

7. TAREFAS especificamente necessárias para continuar a melhorar a FairCoop

  • comunicação, especialmente na página de entrada na Faircoop
  • webdesign
  • administração & “community management”
  • design gráfico (com conhecimentos de wordpress)
  • programação: php e python
  • gestão de projecto: competências organizacionais

Contacta-nos em coop at 2017.fair.coop ou através da FairNetwork se achas que podes ajudar!

8. Inquérito

Na FairCoop a comunidade vem em primeiro lugar. Se espreitares os links da cimeira, vais ver que discutimos repetidas vezes questões de participação e de experiência de utilizador. Em vez de especularmos, queremos perguntar-te directamente sobre a tua experiência com a FairCoop. Por isso, criamos o seguinte formulário: /faircoop-survey-january-2015/

Por favor responde às questões o melhor que consigas para que possamos tornar o processo de participação na FairCoop o mais simples e fácil possível.